A Secretaria de Saúde de Maceió alerta para a baixa adesão à campanha de vacinação contra Influenza de 2023 e orienta que todo o público-alvo contemplado procure as salas de imunização da capital para atualização da vacinação. Até o momento, o município registra apenas 10,67% de cobertura vacinal contra a doença, número bem inferior ao estipulado pelo Ministério da Saúde, que é de 90%.

A campanha, que iniciou no dia 5 de abril, tem o objetivo de reduzir contágios, complicações, internações e mortalidade decorrentes da Influenza na população-alvo da vacinação. O imunizante trivalente é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B.

A gerente de Imunização de Maceió, Eunice Amorim, enfatizou a importância da vacinação para proteger a população e impedir a circulação do vírus. Casos de contágio pela Influenza estão se tornando mais frequentes em Maceió, com 39 casos confirmados e 4 óbitos em 2022 e 14 casos confirmados até o momento em 2023.

A vacina contra a Influenza é aplicada de segunda a sexta em todas as Unidades de Saúde de Maceió, além de pontos fixos e volantes em shoppings, centros de atendimento ao turista e outras unidades.

A Secretaria de Saúde também oferece cadastro de vacinação para idosos acamados e recomendações para pessoas alérgicas a ovo, que devem agendar a vacinação em ambiente adequado sob supervisão médica.