Carla Cleto / Ascom Sesau

Junho Violeta: como denunciar violência contra idosos e acessar assistência em Alagoas

Durante a Campanha Junho Violeta, que visa conscientizar sobre a violência contra idosos, a Rede de Atenção às Violências (RAV) de Alagoas, vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), orienta a população sobre como denunciar casos de abusos e acessar assistência especializada. A violência contra a pessoa idosa pode se manifestar de diversas formas, como recusa ou omissão de cuidados, abandono, violência patrimonial, física e sexual.

Como Denunciar Casos de Violência Contra Idosos

Disque Denúncia

O primeiro passo em casos de suspeita de violência contra idosos é realizar uma denúncia. A vítima ou qualquer pessoa que constate a violência pode entrar em contato com o Disque Denúncia, pelo número 181. Este serviço é fundamental para que as autoridades possam agir rapidamente e garantir a proteção e assistência necessária ao idoso. A ligação é gratuita e pode ser feita de forma anônima, proporcionando segurança para quem denuncia.

Delegacias e Unidades de Saúde

Outra maneira de denunciar é dirigir-se diretamente a uma Delegacia da Polícia Civil ou a uma unidade de saúde. As unidades de saúde, em especial, são preparadas para oferecer assistência médica imediata, caso o idoso necessite de cuidados de urgência. A Rede de Atenção às Violências (RAV) dispõe de uma equipe multidisciplinar pronta para atuar 24 horas por dia, garantindo um atendimento completo e humanizado às vítimas.

Salas Lilás nos Hospitais Regionais

Os Hospitais Regionais de Alagoas contam com as Salas Lilás da RAV, projetadas para descentralizar o acolhimento das vítimas de violência. Essas salas proporcionam um ambiente seguro onde o idoso pode receber atendimento de psicólogos, psiquiatras, enfermeiros e, se necessário, ser encaminhado para exames com peritos do Instituto Médico Legal (IML). O apoio da Polícia Civil também é disponibilizado para garantir a proteção e investigação adequada dos casos.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

CAPITANIA DOS PORTOS DE ALAGOAS RECEBE IMPORTANTE REFORÇO COM NOVA MOTO AQUÁTICA 🇧🇷

DEPUTADO FÁBIO COSTA DESTINA MAIS DE R$ 5,9 MILHÕES PARA SEGURANÇA PÚBLICA EM ALAGOAS 🇧🇷

O Deputado Federal Delegado Fábio Costa, comprometido com a segurança pública de Alagoas, tem priorizado …