Maceió é a capital brasileira que apresenta os melhores resultados quando o assunto é turismo de lazer, sol e mar. Por dois anos consecutivos, a cidade é o destino mais procurado na CVC Viagens, a maior agência do País. Com uma estratégia ousada e um conjunto de investimentos direcionados à atração de visitantes, Maceió conseguiu atrair um segundo voo direto para Buenos Aires, além de consolidar nacionalmente produtos fora da alta temporada, como o São João Massayó.

“O turismo é a nossa grande indústria, responsável por milhares de empregos diretos e indiretos. Porém o turismo é uma concorrência. Disputamos mercado com outros destinos e precisamos convencer as pessoas que Maceió é sua melhor escolha. Isso requer foco, planejamento e investimentos”, afirma o prefeito de Maceió, JHC.

O gestor lembra que ainda em maio deste ano, a cidade investiu quase R$ 500 mil para realizar um road show em parceria com a Gol Linhas Aéreas, percorrendo as cidades de Córdoba, Rosário, Mendoza e Buenos Aires (Argentina); Montevidéu (Uruguai) e Assunção (Paraguai). Na ocasião, mais de mil agentes de turismo foram capacitados para promover a venda do destino Maceió.

No final da semana passada, a companhia aérea anunciou a segunda ligação direta entre a cidade e a capital argentina, principal emissor de turistas estrangeiros para o Brasil, na América do Sul.

Em junho, a capital alagoana foi palco do maior São João litorâneo do Brasil. Em um mês de evento foram movimentados R$ 351 milhões, com grau de satisfação ultrapassando a casa dos 98%. A permanência média dos turistas foi de cinco dias, percorrendo, além do evento, praias, restaurantes, lojas e shoppings.

Em 2021, o segmento turístico ainda vivia os fortes efeitos da pandemia. Durante o período, a Prefeitura de Maceió se preparou para o momento pós-pandêmico, acreditando que a retomada seria decisiva para destinos de lazer e entretenimento.

O planejamento permitiu que Maceió realizasse campanhas internacionais, com peças na Times Square, espaço mais badalado de Nova York, no metrô de Paris e em cidades como Madri e Barcelona. Em apenas dois anos, a cidade articulou a chegada de 46 voos fretados para a alta estação, que começa já em outubro e atinge o pico no verão, além dos dois comerciais para Buenos Aires.

“Vamos fortalecer ainda mais o turismo em Maceió, qualificando mão de obra e sendo ainda mais ousados na divulgação. O turismo mexe com dezenas de atividades e os recursos se espalham, porque o dinheiro circula na economia, gerando renda do barraqueiro ao resort cinco estrelas”, observou o prefeito JHC.