Especialização em Segurança Prisional: Lançada a 9ª edição do Nivelamento Operacional da Polícia Penal em Alagoas

O início de mais uma edição do Nivelamento Operacional da Polícia Penal (Noppen), em Arapiraca, Agreste alagoano, recebeu a presença de autoridades da segurança pública, da Defensoria Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), da Polícia Militar e da Polícia Civil. A 9ª edição do Noppen é uma realização do Comando de Operações Penitenciárias em parceria com a Escola de Administração Penitenciária, buscando aprimorar o conhecimento dos policiais penais sobre intervenção prisional.

Capacitação focada no Sistema Prisional Alagoano

A iniciativa vai capacitar 37 policiais penais, que poderão se beneficiar de atividades teóricas e práticas para aprimorar as ações desenvolvidas no sistema prisional alagoano. A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e a Polícia Penal foram as responsáveis pela realização do evento. “É uma satisfação muito grande participar de um momento como esse, de fortalecimento da Polícia Penal. Momento em que a gente comprova na prática o que a gente vem falando desde o início da nossa gestão, que é o comprometimento com o fortalecimento da polícia”, destacou o secretário Diogo Teixeira.

Influência do Sistema Prisional na Segurança Pública

Em seu discurso, o secretário da Seris acrescentou que um sistema prisional sob controle influencia diretamente e positivamente nos números da segurança. “Enquanto eu estiver como secretário minha função primordial é o fortalecimento da polícia penal. Enquanto eu estiver na cadeira de secretário eu me sinto e vivo como policial penal e vou buscar o reconhecimento dessa grande instituição”, complementou Teixeira. O secretário também expressou sua dedicação em proporcionar melhores condições aos servidores públicos. “Tivemos a entrega de novos presídios, entrega de armamento de última geração e estamos adquirindo materiais não letais para dar condições ainda melhores de trabalho aos policiais penais,” finalizou.

Formação de Interventor Prisional

O curso, que conta com instrutores integrantes da Polícia Penal, garantirá o aperfeiçoamento dos conhecimentos sobre intervenção prisional. Isso será alcançado por meio de aulas práticas e teóricas sobre o uso de tecnologias de menor potencial ofensivo, uso progressivo da força, manuseio de armamentos, direitos humanos e todas as competências necessárias para a formação de um interventor prisional.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

PM-AL FORMA NOVOS NEGOCIADORES DE CRISES EM CURSO REALIZADO EM SERGIPE

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) agora conta com dois novos negociadores de crise. O …