A Secretaria da Ciência, da Tecnologia e da Inovação de Alagoas (Secti) e o Google são os patrocinadores oficiais do maior evento de acessibilidade digital da América Larina, o “Link: festival de acessibilidade”.

O evento está na sua 6ª edição e é promovido pela startup alagoana Hand Talk, reconhecida pela ONU como o melhor aplicativo social do mundo. O festival será realizado de 7 a 10 de agosto, no Google For Startups, em São Paulo, com transmissão para todo o país. Para participar basta acessar o link https://linkfestival.me/ e fazer sua inscrição gratuita. Durante todo o evento serão utilizados recursos de acessibilidade como intérpretes de Libras e legendas.

Com o slogan “Muda, inclua e conecte-se”, o link tem o propósito de colaborar com um mundo mais justo e inclusivo, incentivando espaços de discussão sobre a acessibilidade digital nas organizações e em todo o planeta, utilizando a tecnologia.

A programação conta com palestras sobre tecnologia, diversidade, comunicação, acessibilidade digital, marketing e sustentabilidade, todas ministradas por pioneiros globais, profissionais da inovação, ícones empresariais e artistas. Além disso, durante o evento ainda será realizada a 2ª edição do Prêmio Líderes de Acessibilidade, que reconhece pessoas e organizações referências em iniciativas acessíveis.

Para o secretário da Secti, Silvio Bulhões, apoiar e ser convidado a participar de um evento como esse mostra o interesse do Governo de Alagoas em levar mais acessibilidade às plataformas digitais dos órgãos públicos do Estado, por meio de uma empresa alagoana de grande destaque internacional que é fomentada pelo Governo.

“Estamos trilhando ideias, utilizando a tecnologia para quebrar barreiras linguísticas e ampliar a inclusão e o respeito, debatendo projetos para tornar Alagoas um estado mais inclusivo”, afirmou o secretário.

O CEO da Hand Talk, Ronaldo Tenório, destaca que a parceria com a Secti tem se fortalecido e que, em breve, serão apresentados novos projetos conjuntos.