A arte é a mais poderosa maneira de expressão humana e, em função disso, o Complexo Cultural do Teatro Deodoro é o maior centro artístico em Maceió, com diversas ramificações que viabilizam essa maneira de transformar o abstrato em palpável.

E a Galeria de Artes Visuais é um ambiente que torna essa linguagem ainda mais mágica. Às vésperas do seu nono ano, a Galeria irá exibir a 100° exposição artística e como melhor comemorar um momento tão importante do que promovendo o sentimento genuíno de sermos quem somos na “Imensidão Íntima”, tema da exposição.

A artista Gabi Coêlho, expondo pela primeira vez solo na Galeria, conta um pouco sobre o sentimento de suas obras, já tão únicas e especiais: “Expor na minha cidade tem outro impacto, na Galeria da Diteal que é algo muito almejado pelos artistas da cidade. Eu estou desde 2018 produzindo, normalmente os artistas têm o anseio de lançar sua primeira exposição e, às vezes, não acontece no momento ideal. E eu não tinha pressa, queria que fosse representativo, encontrando a mim e ao meu trabalho em um estágio de maturidade. E acredito muito em signos, em símbolos e sinais, o fato de ser a centésima exposição é como se dissesse que eu esperei o momento certo”.

blank

Não restam dúvidas de que realmente esse é o momento ideal para prestigiar um acervo artístico que compõem a Imensidão da nossa intimidade. Oficialmente, este ano, foi decretado o fim da emergência devido à pandemia Covid-19, mas esse período de quarentena nos proporcionou dores, perdas, incômodo, medo e novas maneiras de decifrar essa situação. Foi então que a artista começou a produzir seus autorretratos de maneira mais intensa, para evocar esses mesmos sentimentos no âmbito artístico-digital, utilizando de elementos únicos para acionar o sensorial imagético do receptor de sua mensagem.

Vivência

A ligação com a arte vem de muito antes, desde nova apaixonada por fotografia e com um relacionamento breve com a escrita, mas foi só em 2018 que ela “caiu de paraquedas” em curso de autorretrato conceitual, que despertou um nervosismo pelo contato com a fotografia contemporânea, mas não demorou para gerar um sentimento de identificação profunda, despertando uma expressão através da fotografia.

Depois de conectar o conceito de suas obras, Gabi transformou o seu trabalho que irá abrilhantar os dois espaços da Galeria com uma exposição que te convida a explorar sensações contraditórias que nascerão desde o salão principal e se estendem até o mezanino. A exposição ocorre com o apoio dos parceiros Tinta Miracor, Comoditá Casa e Design e N3 Coworking. A composição exprime o circunstancialismo da arte e evoca o que desejamos provocar com a 100ª exposição: a arte é a substância que compõe o eu interior.

A presidente da Diteal, Sandra Menezes, destacou o evento da centésima exposição. “Esse espaço não para. Um evento após o outro, casa sempre cheia de pessoas diversas, esse espaço da galeria ganha sua centésima exposição. E essa maravilha está aniversariando com uma belíssima exposição da Gabi. Feliz com mais esse momento incrível”, disse Sandra.

Já o gerente Artístico da  Diteal, Alexandre Holanda, ressaltou a Galeria de Artes como espaço vivo. “A Galeria de Artes Visuais do Teatro Deodoro vem cumprindo sua missão com determinação, investimento e diversidade. É realmente uma alegria muito grande chegar a 100ª exposição, sempre buscando manter o espaço vivo e dinâmico, dando oportunidade aos iniciantes e mantendo os veteranos em cartaz”.

 SERVIÇO

Exposição “Imensidão Íntima”

Abertura: 27 de julho, às 19h.

Endereço: Galeria do Complexo Teatro Deodoro, R. Barão de Maceió, 77 – Centro, Maceió

Período da exposição: de 28 de julho a 28 de agosto;

Horário de visitação: De segunda à sábado, das 8h às 18h, domingos e feriados das 14h às 17h.

Entrada Franca.