Roberison Xavier / Ascom SSP

Curso de atendimento às vítimas de violência doméstica para profissionais da segurança pública é lançado em Alagoas

Com o objetivo de aprimorar o serviço prestado à sociedade, a Secretaria de Estado da Segurança Pública lançou o curso de atendimento às vítimas de violência doméstica e familiar para os profissionais da linha de frente, que atuam diariamente no enfrentamento da criminalidade.

A formação torna Alagoas o primeiro estado do país a criar uma capacitação para os integrantes das forças policiais e do Corpo de Bombeiros Militar sobre o protocolo de atendimento humanizado às mulheres que sofrem algum tipo de violência. O curso, que será coordenado pela Chefia de Ensino Integrado da SSP, foi lançado na manhã desta terça-feira (28), no Palácio República dos Palmares.

Durante a cerimônia de lançamento, o secretário Flávio Saraiva assinou uma portaria que torna obrigatória a qualificação para todos os agentes da segurança pública. Os comandantes, diretores e gestores das Polícias Militar, Civil e Científica, além do Corpo de Bombeiros Militar, devem fomentar a instrução entre os integrantes das respectivas instituições e encaminhar a lista dos concludentes.

Em sua fala, Flávio Saraiva elogiou a promoção do curso e expressou sua alegria em colaborar com mais uma qualificação profissional em busca da melhoria das ações desempenhadas na área. “É um trabalho em equipe, e esse grupo está de parabéns. É mais um passo que damos em atenção às vítimas, que nem sempre têm o apoio de familiares e amigos”, afirmou o secretário da Segurança Pública.

blank

Já a secretária da Mulher e dos Direitos Humanos, Maria José, falou sobre a importância da integração entre as instituições e a necessidade de especialização para que seja realizado o atendimento humanizado em casos de violência doméstica.

“Trabalhar em rede é muito importante. As forças de segurança salvam a vida da mulher, e nós, da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos de Alagoas, cuidamos. Que essa nova turma venha com o olhar ainda mais humanizado que a polícia precisa ter em ocorrências como essas”, lembrou a gestora.

blank

Na solenidade, também foi apresentada a nova plataforma on-line de ensino da Segurança Pública. O Ambiente Virtual de Aprendizagem – CEI Educar tem o objetivo de oferecer cursos na modalidade EaD de forma didática, dinâmica e interativa, proporcionando o aprendizado à distância para todo o efetivo.

Inscrições

As inscrições para o curso Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica para Profissionais da Segurança Pública foram abertas nesta terça-feira (22). A capacitação, voltada para o público em geral, tem conteúdos direcionados para a instrução de profissionais das Polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros Militar.

Para se inscrever, basta acessar o site https://ceieducar.seguranca.al.gov.br/moodle, fazer o login ou criar uma conta na plataforma e se inscrever no curso. A instrução tem carga horária de 70 horas.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

blank
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

PM-AL FORMA NOVOS NEGOCIADORES DE CRISES EM CURSO REALIZADO EM SERGIPE

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) agora conta com dois novos negociadores de crise. O …