Samu ou Bombeiros? Entenda as Situações que Requerem Cada Atendimento

Em momentos de emergência, saber a quem recorrer pode salvar vidas. O Samu e o Corpo de Bombeiros têm funções específicas e atuam em situações distintas, embora possam trabalhar juntos em alguns casos. Este artigo esclarece quando você deve ligar para o Samu pelo número 192 e quando acionar o Corpo de Bombeiros pelo número 193, garantindo que o socorro chegue da forma mais adequada.

Introdução aos serviços de emergência: Samu e Corpo de Bombeiros

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu – 192) e o Corpo de Bombeiro Militar de Alagoas (CBMAL – 193) funcionam 24 horas por dia, de domingo a domingo, e atuam em todo o Estado. Ambos desempenham a função de prestar atendimento pré-hospitalar móvel e, embora tenham atribuições complementares, a finalidade de cada um é específica e devem ser acionados em situações distintas.

Quando chamar o Samu

O Samu deve ser acionado em casos de urgência e emergência com risco iminente de morte, como infarto agudo do miocárdio, urgências traumáticas, clínicas, pediátricas, cirúrgicas, gineco-obstétricas, psiquiátricas, entre outras. Além de contar com ambulâncias e motolâncias, o Samu também presta socorro com o Serviço Aeromédico, utilizando um helicóptero que agiliza o atendimento às vítimas em todo o território alagoano. O Samu é indicado para acidentes de carro, moto ou bicicleta, vítimas de espancamento e tentativas de suicídio.

Quando chamar o Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros deve ser acionado em casos de incêndio, tanto de pequenas quanto de grandes proporções, acidentes de trânsito com vítimas presas às ferragens, tentativas de suicídio em locais de difícil acesso, salvamento aquático, vítimas presas em altura ou regiões profundas, desabamentos, deslizamentos de barreiras, vazamento de gás, pessoas perdidas em matas ou montanhas, e acidentes com produtos perigosos. Em muitas dessas situações, o Corpo de Bombeiros possui equipamentos específicos para realizar o resgate de forma segura e eficiente.

Casos de colaboração entre Samu e Corpo de Bombeiros

Em alguns casos, é necessário acionar tanto o Samu quanto o Corpo de Bombeiros. Isso ocorre frequentemente em acidentes de trânsito com vítimas presas às ferragens, onde o Corpo de Bombeiros realiza o desencarceramento e o Samu presta o atendimento médico necessário. Tentativas de suicídio em locais de difícil acesso também requerem a atuação conjunta, assim como ocorrências de choque elétrico, onde ambos os serviços são fundamentais para garantir a segurança e o atendimento adequado.

Exemplos de atendimentos comuns de cada serviço

O Samu é frequentemente chamado para atender dores no peito de aparecimento súbito, crises convulsivas, intoxicações, queimaduras, trabalho de parto com risco, perda de consciência, falta de ar, quedas acidentais, sangramentos com hemorragia, crises hipertensivas e acidentes de trânsito. Já o Corpo de Bombeiros é especializado em incêndios, acidentes de trânsito com resgate, salvamentos aquáticos, desabamentos, deslizamentos de terra, vazamentos de gás, e resgates em locais de difícil acesso.

A importância de acionar o serviço correto em emergências

Saber diferenciar quando acionar o Samu ou o Corpo de Bombeiros é uma iniciativa de utilidade pública e pode fazer toda a diferença na eficácia do atendimento. Em algumas situações, ambos os serviços devem ser acionados para garantir um socorro rápido e eficiente. Como destacou o Secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, ter o conhecimento sobre qual serviço chamar em cada tipo de emergência é fundamental para assegurar que o socorro seja prestado com agilidade e eficiência.

About Redação Maceió em Foco

Check Also

blank

POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS SALVA BEBÊ VÍTIMA DE ENGASGO EM CAPELA

Na manhã desta sexta-feira (7), a guarnição da 3ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) …