O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), criou um plano estratégico que deve nortear as ações das forças de segurança até o ano de 2026. O plano, que deve reforçar o trabalho desenvolvido no combate à violência, foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado de Alagoas (Doeal) desta segunda-feira (07).

Com o objetivo de traçar um caminho a ser seguido em médio prazo, tendo em vista que também já está sendo elaborado o Plano Estadual de Segurança Pública, o documento pretende elucidar as estratégias e garantir a mobilização dos atores envolvidos para a promoção da segurança objetiva e subjetiva da população alagoana.

blank

Para a elaboração do plano estratégico foi realizada uma ampla pesquisa com o objetivo de identificar as ações referenciais já desenvolvidas na área da segurança e que repercutem diretamente no trabalho da pasta.

Diante do diagnóstico, foram propostos oito eixos estruturantes: Aperfeiçoamento de ferramentas de gestão e governança; Monitoramento das ações criminosas; Investimentos em inteligência e investigação policial; Intensificação da política de integração com o Poder Judiciário, Ministério Público e outras secretarias de governo; Prevenção à violência junto a grupos vulneráveis; Incentivo às ações integradas das forças de segurança pública; Melhoria de instalações e logística operacional; Capacitação e Ações de saúde e valorização dos profissionais de segurança pública.

De acordo com o superintendente de Gestão Estratégica e Políticas de Integração da SSP, coronel Jairison Melo, o plano busca fortalecer ainda mais o trabalho já desenvolvido. Segundo ele, com o plano a avaliação das ações será ainda mais periódica, uma vez que o documento também estabelece objetivos e resultados esperados para cada eixo norteador.

“Será criada uma comissão para avaliar a implementação do plano em sua totalidade e dar mais agilidade e transparência a tudo que vem sendo desenvolvido em prol da segurança do povo alagoano. Pretendemos fortalecer e fomentar estratégias no combate à criminalidade”, afirmou o oficial.

O secretário da Segurança Pública de Alagoas, Flávio Saraiva, enalteceu as diretrizes estabelecidas. Segundo ele, ações preventivas e de combate aos crimes contra vulneráveis são destaques no plano, bem como os investimentos no agente público.

blank

“O Governo tem investido bastante na área da segurança, em especial, no combate aos crimes contra pessoas vulneráveis, a exemplo das mulheres vítimas de violência doméstica. Temos aberto mais Salas Lilás, ampliado o atendimento da Patrulha Maria da Penha e dado uma assistência maior para as vítimas. Isso tudo será acompanhado de perto pela comissão que avaliará o plano estratégico. Ou seja, uma certeza maior que estamos reforçando o nosso trabalho. As estratégias norteadoras ajudarão no combate à criminalidade e assim conseguiremos reduzir ainda mais a violência em nosso estado”, concluiu o secretário.