Ascom PM

Comandante-geral da PMAL reúne efetivo de praças femininas para discutir demandas

A Polícia Militar de Alagoas vivenciou um momento considerado inédito. Na manhã desta quarta-feira (9), 400 praças femininas da capital e do interior – militares com graduações que vão de soldados a subtenentes – participaram  de uma reunião exclusiva com o comandante-geral da corporação, Cel Paulo Amorim, no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL), em Jacarecica, Maceió.

O encontro deu voz ao efetivo feminino, que teve oportunidade de dialogar e apresentar demandas. Voluntariamente, cabos e sargentos levantaram questões envolvendo promoções, assistência aos filhos, maternidade em geral e maternidade atípica. Além disso, expuseram temas como conquista de espaços, formação continuada, cuidados com a saúde física e mental e estrutura dos alojamentos e banheiros, por exemplo, entre outras situações.

“A chegada das senhoras trouxe harmonia e humanização para a PM. A presença feminina é importante em todos os setores da vida pública, da vida privada e na nossa instituição. Por isso manifestamos aqui a nossa gratidão a cada uma das senhoras que são mães, mulheres, combatentes e desempenham a função na corporação”, disse o coronel Paulo Amorim.

Após ouvir e tomar nota de cada fala, o comandante-geral respondeu sobre cada item apresentado. Ele pontuou os casos em que já existe uma perspectiva de mudança, e outros que ainda precisam de estudo para serem solucionados.

blank

“Momentos como este são enriquecedores. Vamos avançar. Contem com seu comandante-geral e não se calem nem se intimidem. Lembremos também das nossas pioneiras no final da década de 1980. As dificuldades que elas enfrentaram, venceram barreiras e abriram o caminho para o que vivemos hoje”, completou o comandante-geral.

O Coronel Paulo Amorim pediu aplausos às pioneiras e reforçou que as conquistas de uma geração proporcionam benefícios para as que se seguem. “Estou e estarei aqui para ouvi-las e saber as demandas. Considero este momento especial por reunir tantas representantes, e ficamos felizes por receber um universo tão grande de comandadas presentes”, finalizou o oficial superior.

blank

O evento contou com a presença da doutora Karlla Padilha, Titular da Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial da capital (62ª Promotoria de Justiça da Capital) que participou ativamente da conversa. “Nunca tive a oportunidade de falar para tantas mulheres da PM. É uma honra e motivo de muita gratidão. Parabenizamos o Comando Geral por promover este momento de escuta do público feminino, que é fundamental”, enalteceu reforçando também a importância da ocupação de espaços por mérito, capacidade, preparo e muito esforço. E fez um chamado: “Vamos exercer sororidade, a solidariedade e nos irmanar. Se estamos juntas, somos mais fortes”, convocou Padilha.

Diálogo  

Este é o segundo encontro com o quadro feminino. A primeira reunião ocorreu no Auditório Virgílio Loureiro, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso em Maceió, no dia 26 de julho, e contou com a presença das oficialas da PM (policiais com patentes que vão de 2º tenente a coronel). A conversa também contemplou diversas pautas. Entre as mais diversas áreas, as policiais indicaram pontos a serem aperfeiçoados e aspectos relevantes relacionados aos serviços e políticas voltadas ao efetivo feminino.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

blank
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

PM-AL FORMA NOVOS NEGOCIADORES DE CRISES EM CURSO REALIZADO EM SERGIPE

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) agora conta com dois novos negociadores de crise. O …