Vanessa Siqueira / Ascom SSP

SSP apresenta dados da segurança pública em reunião com diretoria da Federação das Indústrias de Alagoas

A redução da criminalidade em Alagoas, que é o único estado do Nordeste que não tem cidades na lista das 50 mais violentas do Brasil, conforme dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2023, foi destaque durante a reunião mensal da diretoria da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea). O encontro aconteceu, na manhã desta quinta-feira (27), na Casa das Indústrias, no bairro do Farol, em Maceió.

Durante a reunião com os representantes do empresariado alagoano, os índices da violência foram apresentados pelo secretário da Segurança Pública, Flávio Saraiva, e pelos secretários executivos de Gestão Interna e Políticas de Segurança Pública da pasta, José Carlos dos Santos e Patrick Madeiro, respectivamente. Na apresentação, foi demonstrado o quanto Alagoas evoluiu na diminuição de crimes violentos contra a vida e o patrimônio.

 

Além de números sobre criminalidade, os secretários também fizeram um balanço dos investimentos realizados pelo Governo de Alagoas para melhorar a atuação das forças de segurança no combate ao crime, tanto no quesito estrutural, quanto no incremento de pessoal. Atualmente, mais de 1.500 novos policiais e bombeiros estão em formação para reforçar o quadro institucional. Além disso, há concursos da Polícia Civil e da Polícia Científica em andamento.

O trabalho da gestão foi bastante elogiado pelos empresários, que destacaram uma maior sensação de tranquilidade nos últimos meses em todo o estado. Um dos representantes do setor, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon-AL), José da Silva Nogueira, também parabenizou as ações preventivas.

“Antes éramos o patinho feio do país, estando no topo da criminalidade, mas graças ao trabalho que vem sendo desenvolvido temos um dos estados mais tranquilos. Quero parabenizá-los pelo desempenho e também pela estrutura que vocês possuem e que foi apresentada aqui para todos nós”, afirmou ele.

 blank

O presidente da Fiea, José Carlos Lyra, também enalteceu o serviço que vem sendo prestado pelas forças de segurança pública em prol do povo alagoano. “Muito importante o que os senhores têm feito em favor da segurança de todos nós. Um trabalho bem aplicado que prima pela inteligência, que é um serviço valioso que consegue evitar diversos problemas, se antecipar a vários tipos de situação”, disse ele se colocando à disposição para colaborar com a SSP no que for necessário.

O secretário Flávio Saraiva agradeceu o reconhecimento pelo desempenho de toda a equipe, principalmente, dos agentes que estão no dia a dia garantindo a segurança da população alagoana. Para ele, o encontro serviu para aproximar ainda mais o setor produtivo com o serviço público, que tem buscado combater todo tipo de crime.

“Estamos trabalhando diariamente contra a criminalidade, hoje, por exemplo, estamos concluindo um planejamento conjunto com representantes de todo o Nordeste para uma ação mais integrada de combate ao novo cangaço, através do Plano de Defesa, que é coordenado pelo nosso serviço de Inteligência, que inclusive tem sido reconhecido nacionalmente. O Ministério da Justiça já decidiu que Alagoas vai sediar o encontro nacional de inteligência, como um certificado de que a gente tem ido bem nessa área. A prevenção tem sido uma de nossas prioridades, assim como a melhoria no atendimento ao cidadão e o combate à violência contra mulheres. Tem muitos investimentos sendo feitos na área da segurança pública, como a aquisição de armamentos, coletes, helicóptero, mais Centros Integrados, tudo para beneficiar ainda mais o povo alagoano”, concluiu o gestor.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

blank
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

PM-AL FORMA NOVOS NEGOCIADORES DE CRISES EM CURSO REALIZADO EM SERGIPE

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) agora conta com dois novos negociadores de crise. O …