Divulgação

Detran Alagoas orienta condutores que perderam a placa do veículo nas chuvas

Devido às fortes chuvas que atingiram o estado no último final de semana, muitas pessoas perderam placas de veículos por causa das enchentes ou locais de alagamento. Pensando nisso, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AL) orienta sobre o que os proprietários devem fazer para regularizar a situação.

De acordo com a chefe de Controle de Veículos do Detran-AL, Graça Cardoso, a primeira atitude do proprietário do veículo deve ser abrir um Boletim de Ocorrência (BO) na Polícia Civil de Alagoas, indicando se a placa perdida foi a traseira ou a dianteira.

“Com a abertura de BO, os órgãos de segurança pública e os de trânsito estarão cientes sobre o extravio, e isso irá evitar futuros problemas caso a placa seja clonada ou o condutor seja abordado durante alguma fiscalização, evitando a perda de pontos na CNH [Carteira Nacional de Habilitação] e o pagamento de multa por conduzir o veículo sem placa”, informou Graça Cardoso.

Após a abertura do BO é necessária a emissão da guia de vistoria. Com o pagamento efetuado, o condutor deve comparecer em qualquer  um dos postos de vistoria do Detran-AL, localizados no prédio-sede, no bairro Cidade Universitária, na Central Já! do Maceió Shopping ou em alguma das 14 Ciretrans espalhadas pelo interior do estado.

No momento da vistoria o proprietário do veículo deve apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), o Boletim de Ocorrência contendo relato do evento e dados do veículo, RG ou CNH. Com a vistoria realizada, a próxima etapa é se dirigir até uma casa de placas, para que a nova identificação seja estampada.

Placa cinza

Nos casos de perda de uma placa cinza, o proprietário deverá fazer uma etapa a mais, que seria o procedimento de alteração de características e dados do veículo, já que será necessária a mudança para a placa MercoSul.

“As placas cinzas não são mais fabricadas em Alagoas desde 2018, então nas situações de perda ou extravio do equipamento, será necessário fazer a mudança para a placa MercoSul, e dessa forma haverá uma mudança de característica e dado do veiculo”, explicou Graça Cardoso.

Além de emitir a guia de vistoria, será preciso realizar o pagamento de uma outra guia antes de fazer o agendamento para solicitar a Alteração de Características/Dados do Veículo.

Placa recuperada

Os proprietários que conseguirem achar a placa perdida devem tomar cuidado e realizar a leitura do QrCode para ter certeza da autenticidade do material. “Mesmo o proprietário encontrando a placa do veículo, ele deve abrir o Boletim de Ocorrência, porque os dados podem ter sido copiados, para serem clonados posteriormente, trazendo prejuízos futuros para o cidadão”, disse Graça Cardoso.

About Marcelo Barros, com informações do Governo do Estado de Alagoas

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

PM-AL FORMA NOVOS NEGOCIADORES DE CRISES EM CURSO REALIZADO EM SERGIPE

A Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) agora conta com dois novos negociadores de crise. O …