Ação reforça importância de eliminar criadouros do mosquito. Foto: cortesia

A importância da prevenção: Secretaria de Saúde de Maceió realiza ação de combate ao mosquito Aedes aegypti

A dengue, a zika e a chikungunya são doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, que tem como criadouros locais com água parada. Com o intuito de combater potenciais criadouros, a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) realizou, no dia 1º de março, uma ação educativa de prevenção às arboviroses, contando com a participação das equipes da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) e da Gerência de Vigilância das Doenças Transmitidas por Vetores e Animais Peçonhentos.

A ação teve como objetivo inspecionar locais estratégicos, como borracharias, ferros-velhos, terrenos baldios e floriculturas nos bairros Vergel do Lago, Levada e Jacintinho. As equipes de controle de endemias e da Vigilância Sanitária fizeram a inspeção para identificar e eliminar possíveis focos do mosquito, além de levar orientação à população com distribuição de panfletos.

O trabalho de fiscalização foi realizado em parceria com os agentes de endemias e contou com a participação de 20 profissionais distribuídos em cinco equipes de inspeção. O coordenador da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos, destacou a importância do trabalho educativo de orientação aos maceioenses para eliminar os criadouros do mosquito.

Segundo o coordenador do Programa de Controle do Aedes aegypti, Erivaldo Raimundo, a ação foi totalmente de orientação e possibilitou a visita em locais estratégicos, onde há chances de encontrar possíveis focos do mosquito. Durante as visitas, foram encontradas larvas em alguns ambientes e, por isso, os comerciantes foram alertados e orientados sobre a necessidade de combater a proliferação do mosquito.

A ação educativa de prevenção às arboviroses irá prosseguir no dia 2 de março, nos bairros da parte baixa da cidade. Já na próxima semana, nos dias 7 e 8 de março, os fiscais e agentes de endemias irão reforçar as orientações de combate aos criadouros do mosquito em bairros da parte alta de Maceió.

Além disso, a Coordenação Geral de Epidemiologia da SMS disponibiliza o Disque Dengue, pelo número (82) 3312-5495, para que a população possa denunciar áreas com potencial para proliferação do vetor e receber orientações para corrigir situações que favoreçam a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

A prevenção é fundamental para evitar a proliferação do mosquito e, consequentemente, a transmissão das doenças. Ações como essa realizada pela Secretaria de Saúde de Maceió são de extrema importância para garantir a saúde da população e combater as arboviroses.

About Marcelo Barros, com informações da Prefeitura de Maceió

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

blank

CAMPANHA DA SESAU DESTACA IMPACTO DOS ACIDENTES DE MOTO NA REDE HOSPITALAR

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) de Alagoas lançou uma nova campanha publicitária para …