A dengue, a zika e a chikungunya são doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, que tem como criadouros locais com água parada. Com o intuito de combater potenciais criadouros, a Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) realizou, no dia 1º de março, uma ação educativa de prevenção às arboviroses, contando com a participação das equipes da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) e da Gerência de Vigilância das Doenças Transmitidas por Vetores e Animais Peçonhentos.

A ação teve como objetivo inspecionar locais estratégicos, como borracharias, ferros-velhos, terrenos baldios e floriculturas nos bairros Vergel do Lago, Levada e Jacintinho. As equipes de controle de endemias e da Vigilância Sanitária fizeram a inspeção para identificar e eliminar possíveis focos do mosquito, além de levar orientação à população com distribuição de panfletos.

O trabalho de fiscalização foi realizado em parceria com os agentes de endemias e contou com a participação de 20 profissionais distribuídos em cinco equipes de inspeção. O coordenador da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos, destacou a importância do trabalho educativo de orientação aos maceioenses para eliminar os criadouros do mosquito.

Segundo o coordenador do Programa de Controle do Aedes aegypti, Erivaldo Raimundo, a ação foi totalmente de orientação e possibilitou a visita em locais estratégicos, onde há chances de encontrar possíveis focos do mosquito. Durante as visitas, foram encontradas larvas em alguns ambientes e, por isso, os comerciantes foram alertados e orientados sobre a necessidade de combater a proliferação do mosquito.

A ação educativa de prevenção às arboviroses irá prosseguir no dia 2 de março, nos bairros da parte baixa da cidade. Já na próxima semana, nos dias 7 e 8 de março, os fiscais e agentes de endemias irão reforçar as orientações de combate aos criadouros do mosquito em bairros da parte alta de Maceió.

Além disso, a Coordenação Geral de Epidemiologia da SMS disponibiliza o Disque Dengue, pelo número (82) 3312-5495, para que a população possa denunciar áreas com potencial para proliferação do vetor e receber orientações para corrigir situações que favoreçam a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

A prevenção é fundamental para evitar a proliferação do mosquito e, consequentemente, a transmissão das doenças. Ações como essa realizada pela Secretaria de Saúde de Maceió são de extrema importância para garantir a saúde da população e combater as arboviroses.