O Instituto de Identificação da Polícia Científica de Alagoas alcançou um marco significativo em 2023, emitindo 12.018 Carteiras de Identidade Nacional (CIN) durante 70 mutirões realizados em todo o estado. Estas ações, que ocorreram principalmente no interior de Alagoas e em parceria com diversas entidades, asseguraram um acesso mais fácil da população ao documento de identificação mais importante do país.

Tecnologia e Expansão de Serviços

Com a introdução de novas tecnologias, o Instituto de Identificação pretende expandir ainda mais o número de atendimentos em 2024. Erik Silveira, superintendente do Instituto, destacou o compromisso da instituição em levar cidadania e assegurar o direito à identificação oficial, essencial para o exercício de direitos e deveres cívicos.

Atendimento Domiciliar: Uma Inovação Importante

Além dos mutirões, o Instituto de Identificação de Alagoas implementou uma prática inovadora de atendimento domiciliar. Após agendamento, a equipe vai até a residência ou unidade de saúde de cidadãos com dificuldades de locomoção, coletando informações e documentos necessários para a emissão do documento. Posteriormente, o documento é processado e entregue no local do requerente.

Novo Modelo da Carteira de Identidade Nacional

Desde 2023, Alagoas adotou o novo modelo da Carteira de Identidade Nacional, substituindo o antigo RG. Este novo documento incorpora o número do CPF como registro geral, agregando informações de outros documentos via Qr-code, com validade em todo território nacional. A mudança visa simplificar processos e aumentar a segurança contra fraudes.

Processo de Emissão e Requisitos

Para emitir a nova carteira de identidade, os cidadãos devem apresentar o CPF e a Certidão de Nascimento ou Casamento. Informações detalhadas sobre os postos de atendimento, agendamento e documentação necessária podem ser encontradas no site da Polícia Científica.