Foto: DICOM/TJRS

Violência contra Idosos: Conheça e combata os diferentes tipos de abuso

No dia 15 de junho, é celebrado o Dia Internacional de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, instituído pela ONU para conscientizar sobre a importância de proteger nossos idosos. Este é um momento crucial para refletirmos sobre os diferentes tipos de violência que afetam pessoas com mais de 60 anos, muitas vezes de forma silenciosa e invisível.

Tipos de Violência Contra Idosos

1. Abuso Físico: O abuso físico envolve o uso intencional da força para ferir ou lesar um idoso. Exemplos incluem empurrões, beliscões, tapas, socos e o uso de armas. Embora muitas vezes deixem marcas visíveis, esses atos podem levar a consequências graves, incluindo a morte.

2. Abuso Psicológico: Violência psicológica ou maus-tratos psicológicos abrangem qualquer forma de desprezo, preconceito e discriminação, incluindo agressões verbais ou gestuais. Essas ações visam aterrorizar, humilhar, restringir a liberdade ou isolar o idoso, resultando em tristeza, isolamento, sofrimento mental e depressão.

3. Abuso Sexual: Abuso sexual ocorre quando uma pessoa utiliza poder, força física, coerção ou influência psicológica para obrigar outra a participar de atividades sexuais contra a sua vontade. Este tipo de violência é extremamente traumático e violador da dignidade humana.

4. Abuso Financeiro e Econômico: O abuso financeiro consiste na exploração imprópria ou ilegal dos bens e recursos financeiros do idoso. Isso pode incluir o uso não autorizado de seus bens e dinheiro, deixando-o vulnerável e sem recursos.

5. Abandono: O abandono se manifesta na ausência de cuidados e assistência por parte dos responsáveis governamentais, institucionais ou familiares, deixando o idoso desprotegido e sem suporte necessário.

6. Negligência: A negligência é a omissão dos cuidados básicos necessários ao bem-estar do idoso, como privação de medicamentos, higiene, alimentação e saúde. A falta de proteção contra o frio e o calor também configura negligência.

7. Autonegligência: A autonegligência ocorre quando o próprio idoso se recusa a prover os cuidados básicos necessários para sua saúde. Este tipo de comportamento pode ser um indicativo de problemas de saúde mental ou outras dificuldades.

8. Autoagressão: A autoagressão refere-se a comportamentos em que o idoso ameaça sua própria saúde ou segurança, como automutilação, suicídio e tentativas de suicídio.

Importância do Dia Mundial de Conscientização

O Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho desde 2006, é uma oportunidade para aumentar a conscientização sobre esses abusos. Este dia, instituído pela ONU e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, destaca a necessidade de medidas eficazes para proteger nossos idosos e garantir que vivam com dignidade e respeito.

About Redação Maceió em Foco

Check Also

blank

Mangueira de Gás do Fogão: Prazo de Validade e Cuidados

A mangueira de gás do fogão, muitas vezes esquecida na rotina da cozinha, é um …