Alunos da rede pública municipal de ensino participaram, nesta quarta-feira (23), do projeto Praia Acessível, ação que faz parte da programação da Semana Municipal da Pessoa com Deficiência. Os estudantes e seus familiares foram até a orla de Pajuçara e se envolveram em diversas atividades, como aulas de zumba, estandes de massagem, brincadeiras e, também, banho de mar adaptado.

Tânia Vasconcelos, representante do setor de Educação Inclusiva da Secretaria Municipal de Educação (Semed), explicou que a ação é uma parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e tem como objetivo a inclusão de alunos, familiares e professores. Além da rede pública municipal de ensino, diversas instituições foram agraciadas com o projeto, como a Pestalozzi e a Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (Aappe).

Para Janiele Galvão, mãe da aluna Clara Vitória, a experiência foi única e representou uma oportunidade da filha participar ativamente da iniciativa. “É muito bom, porque ela está sendo incluída. Ela já andou na cadeira anfíbia, é maravilhoso sair da rotina e vir pra cá”, compartilhou.

Flávia Dayane da Silva, mãe da estudante Ayla da Silva, comentou que foi um dia muito especial, já que ela e a filha vivem na constante correria entre a escola e os tratamentos. “É bom ter um momento para ela, que possa incluí-la. É muito importante. Ela ama a água, então foi ótimo poder fazer parte”, disse.

Ela também elogiou a oportunidade que a Prefeitura de Maceió dá às pessoas com deficiência, ao ofertar as cadeiras anfíbias. “Por minha filha ser maior, é mais difícil que eu a leve à praia, por causa do peso e tudo mais. Mas a cadeira facilitou bastante”, afirmou.

A estudante Maria Laura da Silva, da Escola Municipal Brandão Lima, aproveitou o momento e destacou que foi divertido: “Eu gostei muito de hoje porque eu amo praia. Então foi super legal passar esse dia aqui e brincar muito”, ressaltou.