Portal da Prefeitura segue disponível para os microempreendedores até o final do mês. Foto: Ascom Sefaz

Sefaz Maceió anuncia mudança na emissão da nota fiscal de serviço do MEI

A partir do dia 1º setembro, os Microempreendedores Individuais (MEI) de Maceió deverão emitir notas fiscais de serviço diretamente pelo Emissor Nacional, no site do Governo Federal (acesse aqui). A mudança atende a Resolução CGSN nº 169, que definiu novas diretrizes para a padronização e simplificação deste serviço.

Atualmente, os MEIs que atuam na capital emitem notas pelo portal da Prefeitura. De acordo com dados da Receita, Maceió hoje conta com mais de 72 mil MEIs formalizados.

Com a mudança, os microempreendedores deverão, obrigatoriamente, emitir notas pelo Emissor Nacional, disponível em versão web e mobile, e para smartphones. Inicialmente, é necessário que eles se cadastrem para ter acesso ao portal. Uma vez que esses contribuintes emitirem notas pelo Emissor Nacional já não poderão mais emitir notas pelo sistema da Prefeitura.

Um e-book com todas as orientações e o passo a passo que deve ser seguido pelos MEIs foi disponibilizado pelo governo e pode ser baixado aqui.

Até a mudança oficial, as Salas do Empreendedor estarão à disposição para auxiliar e tirar dúvidas durante esse período de adaptação, atendendo por WhatsApp e, presencialmente, nos shoppings Pátio, Parque e Maceió. Para ser atendido é necessário realizar agendamento prévio, na página da Seplag. O atendimento por WhatsApp pode ser feito entrando em contato com um dos postos, a depender da disponibilidade.

Confira abaixo os contatos das Salas do Empreendedor

Sala Shopping Pátio Maceió

Telefone/WhatsApp: (82) 99801-0021

Sala Maceió Shopping

Telefone/WhatsApp: (82) 9.9801-0033

Sala Parque Shopping Maceió

Telefone/WhatsApp: (82) 99626-0032

About Marcelo Barros, com informações da Prefeitura de Maceió

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

Check Also

Marcelo Barros

UNIÃO DE FORÇAS PARA AJUDAR VÍTIMAS DAS ENCHENTES NO RIO GRANDE DO SUL

Em uma demonstração de solidariedade e eficiência logística, a Embraer, em colaboração com a Força …