Com a recente alteração na cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a gasolina, que passou a ser uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro em todos os estados desde o dia 1º, Alagoas registra uma diminuição nos preços, tendo a maior redução entre todos os estados brasileiros.

Impacto da nova alíquota do ICMS

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina nos postos brasileiros aumentou 4% ou R$ 0,21 por litro na última semana, gerando uma elevação no valor do combustível em 20 estados e no Distrito Federal (DF). A exceção foi observada em quatro estados, Amazonas, Ceará, Piauí e Alagoas, onde houve queda nos preços, sendo a maior em Alagoas, com R$ 0,05 por litro.

Francisco Suruagy, secretário especial da Receita Estadual, esclarece que o aumento reflete na mudança do modelo de cobrança do ICMS sobre o combustível. “A nova tributação da gasolina é uma regra nacional. Agora, o preço de tributação é o mesmo em todo o país. Eventuais diferenças de preços se devem a outros fatores, não mais ao imposto estadual,” explicou Suruagy.

Efeitos sobre o diesel

A ANP também reporta que o preço do diesel caiu, em função dos cortes promovidos pela Petrobras em suas refinarias. Na semana passada, o litro do diesel S-10 foi vendido, em média, a R$ 5,13, sendo R$ 0,03 por litro mais barato se comparado com a semana anterior. A queda acumulada desde o dia 17 de maio é de R$ 0,44 por litro, o que corresponde a uma redução de R$ 2,73 por litro, igualando ao recorde de R$ 7,86 em junho de 2022, valor corrigido pela inflação.