Na manhã desta terça-feira (13), ocorreu uma cerimônia na sede da Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL), que celebrou o 158º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, a data magna da Marinha do Brasil. Neste evento importante, Diogo Holanda, administrador do Porto de Maceió, foi condecorado com o título de Tripulante Honorário, reconhecimento concedido a personalidades que se destacam pelos relevantes serviços prestados à Capitania dos Portos de Alagoas.

O Sentimento de Honra e Compromisso do Administrador do Porto

Diogo Holanda, visivelmente emocionado pela honraria, salientou que receber o título é uma grande honra. Ele reafirmou o compromisso do Porto de Maceió em continuar prestando todo o suporte necessário à Capitania dos Portos e à Marinha do Brasil. Esta demonstração de parceria e respeito mútuo é um reflexo da cooperação entre as instituições na busca pelo desenvolvimento naval de Alagoas.

A Batalha de Riachuelo e o Título de Tripulante Honorário

O título de Tripulante Honorário da Capitania dos Portos é uma honraria de alto escalão, concedida a personalidades que se destacam pelos serviços prestados à instituição. A Batalha de Riachuelo, por sua vez, é um marco histórico, que simboliza a vitória da esquadra brasileira contra a esquadra paraguaia na Guerra do Paraguai, em 11 de junho de 1865.

A Solenidade e os Presentes

A solenidade foi presidida pelo Capitão dos Portos, o Capitão de Fragata Luciano da Silva Teixeira, e contou com a presença de toda a tripulação, além de autoridades civis e militares, familiares e convidados. O evento, além de marcar o aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, também serviu para reconhecer e agradecer àqueles que, como Diogo Holanda, contribuem significativamente para o avanço da Marinha do Brasil.