Dois postos de combustíveis em Maceió foram notificados pelo Procon na terça-feira (30), durante uma fiscalização por cobrança de preços abusivos para pagamentos a prazo. Os estabelecimentos têm agora um prazo de 20 dias para apresentar defesa. Se não cumprirem, podem enfrentar multas.

Cobrança Abusiva

Leandro, um representante do Procon, explicou que alguns postos de combustível estão sendo notificados por cobrarem um valor excessivamente alto em comparação ao preço à vista para o pagamento a prazo. “A lei permite cobrar um preço diferenciado a prazo, mas a margem em alguns postos tem ultrapassado o limite razoável, qualificando-se como cobrança abusiva,” explicou.

Reclamações

Leandro reforça que os cidadãos podem registrar reclamações e denúncias através dos canais de atendimento do Procon Maceió, seja pelo número 0800 082 4567 ou pelo WhatsApp (82) 98882-8326.