Na última quarta-feira (1°), a Defesa Civil de Maceió enviou uma equipe composta por 12 técnicos em diferentes áreas de atuação para auxiliar nas ações pós-desastre em São Sebastião, em São Paulo. As fortes chuvas que atingiram a região provocaram deslizamentos de terra, colapsos de residências, enchentes e deixaram mais de 65 pessoas mortas.

A equipe de Maceió fará o mapeamento das áreas de risco e dará suporte às demandas oriundas do desastre. Entre os profissionais que integram o grupo, estão engenheiros ambientais, agrimensores e cartógrafos, civis, elétricos, geógrafos e geólogos.

Os técnicos farão vistorias nas residências que foram atingidas, mas não sofreram colapso, para identificar possíveis riscos, além de utilizar equipamentos como drone, GPS de navegação, bússola, fissurômetro, trena a laser e inclinômetro, que são parte do dia a dia da Defesa Civil de Maceió no monitoramento dos bairros atingidos pelo afundamento do solo decorrente da mineração de sal-gema pela Braskem.

A equipe ficará na cidade por cerca de 10 dias e auxiliará as demais instituições que já estão em São Sebastião. A ação é um exemplo de solidariedade entre os estados e de cooperação entre as Defesas Civis, que visam garantir a segurança e o bem-estar da população em situações de emergência.